SERMÃO DA CELEBRAÇÃO LITÚRGICA DE 28 DE JUNHO DE 2020

Mais
1 semana 5 dias atrás - 1 semana 5 dias atrás #817 por Henry Mompean Orleans-Grimaldi (jonfonpa)
Palavras de Abertura

Que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo seja com a amada Congregação,
alegremo-nos pela oportunidade de estar na casa de Deus para louvar a seu santo nome.
Elevemos nossas vozes para louvar e engrandecer o nome do Senhor. Convido a todos para louvarmos ao Senhor com o hino Sossegai!.


Louvor

Mestre, o mar se revolta
E as ondas nos dão pavor!
O céu se reveste de trevas,
Não temos um Salvador!
Não se te dá que morramos?
Podes assim dormir?
Se a cada momento nos vemos
Já prestes a submergir?

“As ondas atendem ao meu mandar:
[Mulheres] Sossegai!
[Homens] Sossegai! Sossegai!
Seja o encapelado mar,
A ira dos, homens o gênio do mal;
Tais águas não podem a nau tragar,
Que leva o Senhor, Rei dos céus e mar!
Pois todos ouvem o meu mandar:
Sossegai! Sossegai!
Convosco estou para vos salvar;
Sossegai!”

Mestre, tão grande tristeza
Me quer hoje consumir!
Na dor que perturba minha alma
Te imploro: “Vem me acudir!”
De ondas do mal que me encobrem,
Quem me virá valer?
Não tardes, não tardes, bom Mestre,
Estou quase a perecer!

Mestre chegou a bonança;
Em paz vejo o céu e o mar!
O meu coração goza calma
Que não poderá findar.
Firme, ao teu lado, ó Mestre,
Dono da terra e céu,
Eu hei de chegar, bem seguro,
Ao porto, destino meu.


Pregação


Sermão do dia: A importância da Palavra

Numa breve meditação na Palavra de Deus, convido todos a abrirem suas bíblias no evangelho segundo Marcos, no seu capítulo de número 4, versículos 5 e 6:

“Parte dela caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; e logo brotou, porque a terra não era profunda. Mas quando saiu o sol, as plantas se queimaram e secaram, porque não tinham raiz."


Caros irmãos,

Nos voltando para esta perícope, parte da Parábola do Semeador, nos deparamos com uma das várias sementes que não conseguiram prosperar. Ela nos narra o destino de uma semente que caiu em solo pedregoso e não conseguiu que suas raízes perfurassem o solo.

Os versos 16 e 17 nos trazem a explicação do próprio Jesus a respeito de seus significado, ele nos fala sobre um comportamento bastante comum em nossos dias, uma prática superficial do evangelho. Corações duros, onde a Palavra não consegue penetrar, contentando-se em apenas ouvir e extrair o que dele lhe é mais confortável, sem no entanto permitir que o evangelho produza genuína transformação.

Infelizmente há muitos que se contentam em escutar sermões e olhar para a cara de suas bíblias apenas aos finais de semana, mais especificamente no horário do culto. Isso é uma atitude muito semelhante a que é descrita por Jesus na parábola, pois assim o evangelho não cria raízes. Para o contrário é necessária uma atitude de consumo diário da Palavra de Deus.

Este mal hábito cria uma prática de fé fraca e crentes subnutridos espiritualmente, incapazes de ter firmeza diante dos problemas, das perseguições e oposições a sua fé. São pusilânimes, inconstantes e fracos. É preciso que nos acautelemos desta atitude negligente.

A Palavra de Deus é alimento, todo aquele que é chamado a salvação naturalmente tem fome da palavra, portanto, cuidemos de nossa nutrição espiritual, para que não sejamos crentes fracos ante as tribulações.

Amém.
Oração

Senhor Deus, te louvamos e engrandecemos. Diante da tua presença estamos, falhos e pecadores, dependentes somos da tua graça e do teu amor. Tem misericórdia de nós. Que tua Palavra possa achar guarita em nossos corações e que sejamos transformados pela ação do Espírito Santo. Ajuda-nos a viver em constância, meditando e vivendo segundo a tua Santa Palavra.

Henry Mompean D’Orléans et Valois
Príncipe da França
Duque de Soissons
Conde de Mompean
Barão de Lille
Embaixador Francês
Comandante da Guarda Real Francesa
Secretário do Ministério da Relações Exteriores
Senador Real
Prefeito de Lille

Chanceler Oficial da Ordem da Mão de Ferro
Cavaleiro da S. Ordem Imperador Carlos Magno – S.O.I.C.M.
Medalha do Mérito da S. O. Militar Joana D´Arq – S.O.M.J.A.


Súdito da Coroa Francesa

Last edit: 1 semana 5 dias atrás by Henry Mompean Orleans-Grimaldi (jonfonpa).

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

Tempo para a criação da página:0.245 segundos
Powered by Fórum Kunena