SERMÃO DA CELEBRAÇÃO LITÚRGICA DE 29 DE NOVEMBRO DE 2020

Mais
1 mês 3 semanas atrás - 1 mês 3 semanas atrás #1061 por Henry Mompean Orleans-Grimaldi (jonfonpa)
Palavras de Abertura

Que Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos,
é motivo de grande alegria mais uma vez nos reunirmos para louvar ao Santo Nome do Senhor e ouvir de sua maravilhosa Palavra.

Convido todos os presentes a louvarem juntamente comigo com o hino Olhai Para O Cordeiro de Deus:

Louvor

Livres de pecado vós quereis ficar?
Olhai pra o Cordeiro de Deus!
Ele morto foi na cruz, pra vos salvar;
Olhai pra o Cordeiro de Deus!

Olhai pra o Cordeiro de Deus,
Olhai pra o cordeiro de Deus,
Porque só Ele vos pode salvar.
Olhal pra o Cordeiro de Deus!


Se estais tentados, em hesitação,
Olhai pra o Cordeiro de Deus!
Ele encherá o vosso coração.
Olhai pra o Cordeiro de Deus!

Se estais cansados e sem mais vigor,
Olhai prá o Cordeiro de Deus!
Ele vos quer dar Seu divina! amor, Olhai p’ra o
Cordeiro de Deus!

Se na vossa senda sombras vêm cair,
Olhai pra o Cordeiro de Deus!
Ele, com Sua graça, tudo quer suprir.
Olhai pra o Cordeiro de Deus!


Pregação





Sermão do dia: Pelos seus frutos os conhecereis



Convido-vos a meditar comigo no evangelho segundo escreveu Mateus, em seu capítulo de número 7, versículos de 16 a 21:

“Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons. Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.”

Mateus 7:16-21


Amada igreja,

Pode alguém cujo coração foi genuinamente tocado pelo evangelho viver e se conformar com a corrupção deste mundo? É possível que uma pessoa, cujo coração se abriu a graça de Deus, entendendo a maravilha da salvação, olhar com normalidade e conformismo para o pecado? Ainda mais pergunto, seria possível que um ser humano, cuja consciência foi lapidada pela Santa Palavra de Deus praticar obras iguais ou piores que os inconversos com uma brutal naturalidade?

É possível que ao tentar responder estas perguntas muitos de nós nos sintamos numa posição difícil, a secularidade do pensamento deste mundo, a inevitável convivência com ambientes cheios de indivíduos imersos e vícios e todo tipo de depravação pode causar em nós uma insensibilidade e indiferença. Entretanto, aquilo que questiono, não são as atitudes de pessoas não convertidas e distantes de Deus. Mas de crentes, supostamente lavados e remidos pelo Sangue de Jesus, que vindo culto após culto a casa de Deus, vivem sem mudança de vida.

Jesus é bastante claro: "Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.”. Logo, acreditar que Deus existe não nos faz sermos salvos, vir a igreja muito menos, ler a palavra também não! Nada daquilo que fazemos, nosso esforço e mérito, pode nos garantir a salvação, ela é conquista única e exclusivamente pela graça de Deus!

Entretanto temos um problema mais grave aqui, muitos confunde-se numa razão de causa e efeito, pensam que por praticarem boas obras e viverem uma vida de aparente santidade, estarão alcançando a salvação. Na verdade o caminho é o inverso, se você nasceu de novo, se consciente de sua natureza totalmente depravada e indigna você recebeu a graça de Deus e sua vida, você não suportará mais viver como antes, muito menos se conformará com a forma de viver do mundo. A graça de Deus é irresistível e a partir do momento em que temos um encontro genuíno com Deus, nunca mais somos os mesmos!

Muitos cristãos o são apenas em suas carteirinhas, as vezes nem isso, mas suas vidas não condizem com o evangelho, a Palavra está distante de suas mentes e corações, a vontade de Deus não tem primazia em suas escolhas.

Examinemo-nos hoje, e se mesmo após anos ouvindo da Palavra ainda não nos sentimos incomodados, saibamos que há algo errado, pois o evangelho não nos faz nos conformar, antes causa desconforto e desejo de mudança. Se hoje ouvirmos a voz do Senhor, abramos verdadeiramente os nossos corações, para que possamos dar frutos dignos para a glória de nosso Deus.

Quem tem ouvidos ouça.

Amém.



[/left]
Oração


Deus Santo! Pais de Misericórdia! Grande é o teu nome, infinito o teu poder. Pequenos e falhos somos, carentes e dependentes da tua graça. Apieda-te de nós, pois pecamos, tem misericórdia de nós. Que em nós possa ser encontrado um coração contrito e arrependido. Ajuda-nos a viver segundo o teu querer. Endireita as nossas veredas pela ação do teu Santo Espírito. Que a tua Santa Palavra possa achar guarita em nossos corações. Em nome de Jesus, amém.

Henry Mompean D’Orléans et Valois
Duque Consorte de Gandia
Príncipe da França
Duque de Soissons
Conde de Mompean
Barão de Lille

Administrador Geral da Região de Navarra

Embaixador Francês
Comandante da Guarda Real Francesa
Vice-Chanceler
Senador Real
Prefeito de Lille

Chanceler Oficial da Ordem da Mão de Ferro
Cavaleiro da S. Ordem Imperador Carlos Magno – S.O.I.C.M.
Medalha do Mérito da S. O. Militar Joana D´Arq – S.O.M.J.A.


Súdito da Coroa Francesa

Last edit: 1 mês 3 semanas atrás by Henry Mompean Orleans-Grimaldi (jonfonpa).

Por favor Acessar ou Registrar para participar da conversa.

Tempo para a criação da página:0.287 segundos
Powered by Fórum Kunena